Postagem

2012 Nov 26

Estrangeiros impedidos de entrar no Brasil já superam em número os brasileiros barrados em outros países

Estrangeiros impedidos de entrar no Brasil já superam em número os brasileiros barrados em outros países

Novos dados liberados pela Polícia Federal mostram que o número de estrangeiros impedidos de entrar no Brasil já é maior do que o número de brasileiros impedidos de entrar em outros países.


São 5,3 mil estrangeiros barrados no país em 2012, enquanto 2 mil brasileiros tiveram a entrada negada no exterior.

Os números demonstram que o governo brasileiro procura agressivamente violar os direitos de indivíduos pacíficos que desejam entrar em nosso território. Dos barrados, 36% são chineses, 7,6% são do Mianmar, 7,1% são filipinos, 5,9% são americanos e 2,8% são espanhóis.

O alto número relativo de americanos e espanhóis barrados na chegada se deve à política de “reciprocidade” do governo brasileiro, que faz as mesmas exigências para estrangeiros americanos e espanhóis que os governos americano e espanhol fazem para a entrada de brasileiros em tais países.

A ideia é que os indivíduos são de alguma forma responsáveis pelas políticas opressoras de seus governos. O LIBER rejeita essa ideia e rejeita completamente toda e qualquer forma de controle e restrição do movimento de pessoas entre países.

E a opressão de um governo estrangeiro sobre os cidadãos brasileiros não deve justificar a agressão do governo brasileiro a pessoas nascidas fora do território nacional.

Ajude o LIBER a acabar com essa violência. Envie sua assinatura.