Postagem

2013 Nov 14

Comunicado Oficial - Novembro 2013

2013 foi um ano de muito aprendizado e conquista para o Libertários, descobrimos o sabor de defender as ideias da liberdade nas ruas, abraçamos aqueles que defendem nossa liberdade e nos opusemos aos que queriam suprimi-las. Nunca estivemos tão presentes em mídias de comunicação em massa como neste ano, e com o apoio de outras instituições e organizações libertárias, percebemos o cenário liberal brasileiro tomar corpo e nos encher de esperança na busca por uma sociedade mais justa e livre. Reunimos um grupo extraordinário de pessoas, que disponibilizam seu trabalho tendo em troca apenas a possibilidade de reduzir cada vez mais a intervenção do estado em nossa vida e nossa propriedade, doando assim o seu bem escasso mais precioso existente, o tempo, gostaríamos de poder pagar a altura o que essas pessoas merecem, agradeço de coração a todos e vamos em frente, temos muito a fazer pela liberdade neste país.

Infelizmente, nós aprendemos também que formar um partido, uma das principais ferramentas da aclamada democracia, é um luxo reservado a uma seleta elite. Aquela, que dizia ser o instrumento que dá voz a todos, dá voz a todos que podem apenas. Como é de conhecimento da maioria, nós estamos em uma árdua luta para conseguir colher as assinaturas exigidas por lei para obter a permissão do TSE em concorrer as eleições, e mesmo cientes do quão custoso e complicado é este processo, nós continuamos tentando. Porém, é chegado o momento de admitir que estamos empreendendo esforços e energia em algo que, salvo uma injeção milionária de capital, não irá ocorrer no curto-médio prazo.

Isso nos deu a oportunidade de repensar nossas operações e perceber que o Libertários tem cumprido primorosamente o papel de representante político do movimento libertário brasileiro. Nós fazemos isso muito bem e, com o foco ajustado, podemos ser muito melhores. Percebemos que não precisamos ser partido para estar nas ruas, nas câmaras legislativas, militando, escrevendo, criticando e buscando inserir a pauta libertária no cenário político. E é isso que vamos fazer.

Em 2014, o Libertários não terá mais como objetivo primário registrar-se como partido político. Nosso objetivo será de ser o representante popular do movimento libertário brasileiro, com a intenção de se tornar partido. Vamos construir desta forma, a oportunidade de, primeiro, criar uma base política sustentável, fortalecer o movimento libertário e atingir o eleitorado e, quando estivermos em posição de se tornar oficialmente um partido, ele surgirá com a força e base política necessárias para combater o estado e os políticos.

Nós ainda deixaremos no ar nossos formulários de assinatura e continuaremos recebendo. Embora esse não seja o nosso foco, não significa que o abandonaremos. Apenas com um ajuste nos nossos objetivos e estratégias poderemos crescer mais rápido e melhores. Portanto, não há motivos nem tempo para lamentar, estas mudanças canalizarão nossos esforços de forma mais produtiva.

Agradecemos a todos os membros que nos apoiam. Apelo para que reforcem seu suporte e nos ajudem a espalhar nossa mensagem. Um grupo forte e focado está surgindo para derrubar leis estúpidas e políticos corruptos.

Faça uma doação.

Rafael Lemos
Presidente Nacional