Obrigado, negacionistas.

O boicote ao tratamento precoce é algo entendível facilmente. Um asno consegue compreender quem são ganhadores e perdedores.

Para aqueles abaixo de um asno, explico resumidamente:
O uso generalizado do tratamento precoce anularia toda a concentração de renda e poder nas mãos de políticos e corporativistas (big pharma, big tecs e empresas dominantes em qualquer setor no geral).

O problema é que estes submissos e manipulados além de não acreditar em algo que salvaria milhões, ainda apoiaram a maior atrocidade já perpetrada na história da humanidade. Algo que além de não melhorar porcaria nenhuma, ainda gerou consequências gravíssimas como:

1- Aumento de suicídios
2- Agravamento e surgimento de doenças mentais
3 – Milhares de empresas e empregos destruídos.
4- Empobrecimento generalizado e mais de 100 milhões jogados na pobreza extrema.

Obrigado, negacionistas.

#joaozuan

Lula: A grande oportunidade do crescimento e ampliação do libertarianismo no Brasil.

A semana começou quente e tensa em nosso país. O ex-presidente Lula teve seus processos anulados e tornou-se elegível novamente. E o que isso nos mostra? Que o maior líder da esquerda brasileira estará de volta no jogo político e isso mexeu com os ânimos do país. E como isso pode ajudar a crescer o movimento libertário e ancapistão no Brasil? Simples, a polarização continuará pelo fato do atual presidente tentar a reeleição em 2022, e praticamente será uma briga de foice entre a esquerda e a “direita”. Na verdade, é mesmo direita entre aspas, porque Jair Bolsonaro não passa de um centrista, um falso direitista, que infelizmente vem fazendo muito pouco para murchar o grande e ineficiente estado brasileiro, muito por culpa do congresso e stf, sim OK, mas também e muito por culpa dele próprio, porque antes de tudo ele é militar, e os próprios também gostam de estado grande, e não se esforçam muito em tesourar as benesses e os corporativismos que são um fardo pesado para a nação. Então será uma polarização entre 2 populistas e com políticas ineficientes para fazer do Brasil uma nação evoluída. Aí é que pode ser a chave de entrada do libertarianismo, é se infiltrar em cima do povo e perguntar e pôr na mente da geral: Se ainda vale a pena apostar em políticos principalmente populistas e continuar a bancar o estado que cada vez mais remam contra a maré da população, pois continuam com muitas estatais inúteis, oligopólios ineficientes que não costumam fazer um serviço 100% eficiente ou eficaz e corporativismo que só afogam pequenos e médios empreendedores que praticamente carregam o piano da nação, sem esquecer dos burocratas e parasitas estatais, então é a oportunidade de mostrar a real para a população em geral e ver se enfim se emendem de uma vez por todas que estado e políticos não servem para quase nada.

#fredjonas

Sobre governos

Com mais guerras ideológicas. A preocupação do Governo atual é de apenas se reeleger. Dois anos de puro populismo e discursos radicais nada convincente, o tempo todo inteiro transparecendo um descaso com as pautas econômicas e o reajuste fiscal. Assim, se movimentou a gestão de Bolsonaro nesses dois anos.

Paulo Guedes disse sobre o risco do Brasil virar uma Venezuela, não foi só uma possível volta de Lula que favorece esse cenário. A má gestão e ultra populismo desse senhor, Jair Bolsonaro, abriu um enorme espaço para esse possibilidade. E aquela velha retórica se correr o bixo pega e se ficar o bixo come. Se Lula ganhar estoquem comida e se Bolsonaro ganhar não esperem perspectiva alguma positiva sobre a econômia. Com enorme perda de espaço com órgãos bilaterais, visão no exterior mais mal vista da história. Ainda esperam manutenção do mercado de trabalho e melhora a longo prazo, eu acho que não.

Com dois populistas em uma possível corrida eleitoral o cenário é pior do que se imaginava. É o respaldo perfeito para o presidente largar a agenda Liberal e ficar na mesma retórica que se elegeu, “Mais e o PT”, “Lula ta livre”, “Quem deixou o país assim”. O risco futuro aumentando, o câmbio quase estourando $6,00, o real se deteriorando de maneira incontrolável. As incertezas com o nosso país ainda se tornou maiores. Não da pra saber se o presidente manterá o pacto com a agenda liberal, e Lula, qual será seu planejamento econômico em uma possível candidatura.

Para os apoiadores do presidente e crítico ao mercado. Não haverá novos empregos sem uma manutenção do Estado. Não terá renovação expressiva de concurso com as contas no vermelho e para os desenvolvimentista que adoram subsídio, não haverá incentivo se o fiscal não estiver em dia. Resumindo, não tem pra onde correr. O momento é tao ruim, e não é possível reverter quem é o menos pior.

#wadathanfelipe

A nova velha forma de solucionar estatisses.

Quando alguém diz que o socialismo real ainda não foi tentado porque nas vezes anteriores ele fracassou; nós austríacos, temos a resposta na ponta da língua. “Não basta trocar os comandantes deste barco!” esbravejamos. “O erro está no barco”. Realmente, fosse um humilde pescador ou um almirante das forças armadas, ninguém consegue comandar um barco furado.

Assim como o barco, a essência do socialismo está furada. Em todas as situações, seja dirigido por quem for, o socialismo não terá propriedade privada, e sem propriedade privada não há trocas, o que impede a formação de preços, fazendo com que o cálculo econômico seja impossível, deixando assim os agentes econômicos às cegas, sem saber como, quanto e o que produzir.

Um problema parecido ocorre em alguns setores administrados pelo governo.
A educação serve como um palco para aqueles que amam ser inteligentes e benfeitores. E estes estufam o peito, como se tivessem descoberto o segredo da paz mundial: “O problema do país é que não investimos o suficiente em educação!” dizem eles. “É só jorrar um trilhão de reais a mais nos próximos anos que tudo se resolverá”.

Mas libertos das soluções simplistas e até ingênuas, nós compreendemos as consequências inescapáveis tanto da saúde como da educação pública. Este problema é uma variante do primeiro. Fora do sistema de preços e imune a concorrência, o governo é incapaz de alocar recursos de forma correta e de dirigir estes setores adequadamente já que não estão submetidos ao mercado, e nunca terá ao seu dispor a informação necessária, que está distribuída de maneira tácita, dispersa e não articulável entre os agentes econômicos.

Agora, incluso no “não era socialismo de verdade”, e “é só investir mais um quadrilhão”, a categoria das estatisses ganhou um novo colega: “Não fizemos o lockdown de maneira correta!”. E voilà! Chegou o terceiro cavaleiro do apocalipse.

A quarentena forçada alcançou seu lugar neste seleto grupo porque ela é invencível. Seja qual for o resultado decorrente dessa abominável e sórdida forma de se combater um vírus, ela simplesmente não perde. Não há um resultado possível que faça os amantes da pandemia identificar esta solução escravagista como errada.

Tirando a questão ética de lado (nunca foi uma questão importante para estes indivíduos), pesquisas demonstrando inexistir correlação positiva entre contágio e quarentena, e outras que expõe as muito mais graves consequências a longo prazo destas medidas coercitivas, parecem não surtir efeito algum nas cabeças destes robôs.

Contudo, o que eles acham ou não é irrelevante. Como as duas primeiras estatisses, a essência desta última está errada, não deu certo e nunca dará.

Por isso pulem deste barco marujos! Pois ele já afundou.

#juanzuan

Quem os parasitas pensam que são?

Quem os parasitas estatais pensam que são para saber o que é essencial?

Quem é um prefeito ou um governador ou um presidente para permitir que o comércio abra ou não?

Como um burocrata impede as pessoas de irem às praias?

Quem são os loucos que têm o descaramento de impor que pessoas usem máscaras nas ruas?

Os parasitas estatais.

Porém, esse bando de come e dorme acreditar que pode mandar na vida alheia não surpreende ninguém, mas o absurdo é outro: a maioria das pessoas concorda que esse bando de parasitas, que nada faz e vive do que nós produzimos, pode mandar na vida alheia.

Você concorda com essas medidas?

Então que você as cumpra voluntariamente.

Simples, não?

Crer que essas medidas em algum momento protegerão a vida é, além de burrice (pois não há como impedir que as pessoas circulem), um abuso sem limites.

Que cada um cuide de si e dos seus e arque com as consequências de suas escolhas, mas impor regras de comportamento absolutamente abusivas e ineficientes, demonstra o quão despreparados são esses burocratas.

Chega dessa loucura de tentar criar uma sociedade de acordo com o sonho de algum maluco.

Cada um que seja responsável por sua vida.

Simples assim.

#DiogoSimas

Liberdade de escolha.

Você pode ficar em casa.

Você pode usar máscara.

Se quiser, pode usar uma, duas, três máscaras ou use uma burca, fique em casa, embaixo da cama e sinta-se seguro.

Vacina?

Pode tomar.

Eu espero e torço para que a vacina funcione.

Enfim, você pode fazer o que você quiser, só não pode exigir que todos façam o que você quer.

Isso é tirania.

E foi exatamente isso o que ocorreu e ocorre: tirania.

Sim, se a máscara funciona, use a máscara e fique protegido independentemente de quem usa ou não máscara.

Você acredita que quem não usa máscara lhe coloca em risco?

Quem não usa máscara não interfere na vida alheia, pois quem pensa assim parte do pressuposto que todos estão contaminados e são transmissores do vírus, porém estar contaminado é a exceção, a regra é ser saudável.

Vacinação obrigatória?!

Tome a vacina, fique supostamente imunizado sem precisar interferir na vida alheia e a questão está resolvida.

Enfim, viva a sua vida.

Tome vacina, fique em casa, use uma, duas, três máscaras e, se quiser, use uma burca.

E se quiser, pode até usar pronome neutro e chamar todes de menines… Isso é liberdade.

Você pode usar pronome neutro.

Você pode chamar todes de menines.

E eu posso lhe chamar de retardado.

#DiogoSimas

A quem não quer ver.

Será que após mais de um ano de tantas restrições, máscaras e fique em casa, as pessoas ainda não entenderam que é impossível controlar um vírus?

Após mais de um ano, as pessoas ainda não constataram (não precisa entender, é só ver!) que os mais de 1 milhão de mortos (alguns afirmavam que seriam mais de 2 milhões de mortos) apenas no ano de 2020 não vieram?!

Após mais de um ano, ainda não ficou evidente que as mortes, que são absolutas, precisam sim ser avaliadas em perspectiva, que somos mais de 7 bilhões de pessoas, que mortes são inevitáveis e que nunca a letalidade desse vírus foi de 2%?

Ainda não está cristalino que não há qualquer sentido em usar máscaras e pensar-se em isolamento social?!

Abra os olhos.

Tempo ainda há.

#DiogoSimas

Você reclama do STF.

Eu entendo.

Você reclama do STF porque é do povo, não estudou e não sabe todo o trâmite que permeia um processo.

Sim, aos olhos do homem do povo, em sua ignorante inocência, uma decisão justa, correta e acertada, parece a injustiça materializada pela caneta de um Doutor.

Homem do povo, a sua inocente ignorância é até bela e digna de louvor, porém decisões que mudam os rumos de um país não podem ser tomadas por corações inocentes, mas por mentes e homens firmes, que não têm medo da opinião pública e têm coragem para fazer justiça, quando muitos querem vingança.

Contudo, homem do povo, não se apresse em me julgar: o processo ainda não acabou e muito ainda virá.

Você pensa que o Lula roubou o povo?

É preciso analisar.

E cale-se em sua ignorância, pois são os Doutores que irão julgar.

Você duvida?

Acalme-se.

Novidades virão.

Brevemente haverá uma nova decisão.

O STF decidirá:

Não foi o Lula quem roubou o povo;

Foi o povo quem roubou o Lula.

O povo é o ladrão.

#DiogoSimas

Deep State

Nos Estados Unidos o DEEP STATE ou “estado secreto” é uma força quase invisível, que através de chantagem, investimentos, lobby e corporativismo, controlam a maioria absoluta dos políticos e portanto, o estado e todo sistema “democrático”.

Foi esse mesmo sistema que fraudou tanto as pesquisas quanto as eleições americanas e colocou o PedoBiden no poder.

Aqui no Brasil tambem temos um estado secreto, é a cleptocracia, que também controla maioria absoluta dos políticos, de direita e esquerda, além do sistema judiciário, principalmente o STF.

Nas próximas eleições a cleptocracia brasileira, o “estado secreto” composto absolutamente por mafiosos e sociopatas, não só vão fraudar maioria das pesquisas, fazer editoriais propagandísticos travestidos de jornalismo e unir toda classe parasitária do funcionalismo, eles irão sim fraudar as eleições brasileiras. Aliás, já fraudam.

Bolsonaro? Ele ja está a serviço da cleptocracia e como presente por ter se submetido totalmente (graças ao Flávio ruína do Brasil), ele vai receber de presente o Lula presidente.

Nós estamos presenciando uma tomada globalista total, com dinheiro infinito do cartel internacional de bancos e por consequência, uma prostituição ideológica massiva, juntamente com um esforço de propaganda e organização política sem parâmetros na história da humanidade.

Nós do Partido Libertários somos a única iniciativa política que entende a real situação geopolítica do Brasil e do mundo em solo nacional, nós somos a única entidade que luta abertamente contra o marxismo, o globalismo e o estatismo.

Participem dessa nobre iniciativa preenchendo o formulario de admissão de novos membros que estará nos comentários dessa publicação.
Juntos, pela liberdade, temos alguma chance de sobreviver ao holocausto marxista que está se estabelecendo não só na América Latina, mas no mundo.

#rufus

SOCIAL-DEMOCRACIA: A MÃE DO FASCISMO ECONÔMICO

Vamos falar hoje sobre uma ideologia que praticamente vem comandando o mundo há algumas décadas: A Social-Democracia.

Mas o que é Social-Democracia? É uma ideologia que muitas vezes chega a ser confundida com o liberalismo, porém passa longe disso, porque trata-se de uma ideologia que defende muita intervenção estatal, tanto na economia, quanto na vida da sociedade, defende muita burocracia, muito assistencialismo social, e defende um domínio da sociedade através do estado coletivista, defende uma administração keynesiana somada ao corporativismo, juntamente com envolvimento difuso do estado na economia e na vida da sociedade. Dando papéis restritos para os mercados; economia mista ou social. Traduzindo em miúdos: É o estado de bem-estar social.

E o que isso significa: Uma porcaria, pois como foi dito, o estado toma conta da economia e acaba sufocando o livre mercado e quase que anulando chances de empreender em alguns casos, enquanto que o corporativismo ganha cada vez mais força e musculatura, e também ajudando a manter esse sistema insano e sórdido atropela a liberdade em geral. E porque a social-democracia pode ser considerada a mãe do fascismo econômico? Exatamente por causa disso, só tem vez na social-democracia grandes empresas corporativistas e amigas do estado, ou seja, em muitos casos criam cartéis e oligopólios, que acabam sufocando a todos, pois pagam altos valores, taxas e tributos por serviços que nem sempre são satisfatórios, mas o povo em muitos casos não tem saída, porque oligopólios também monopolizam os produtos e serviços junto com burocratas e não dão chance ao povo. Embora esteja predominante no mundo todo, países desenvolvidos ainda conseguem respirar dentro da social-democracia porque ainda há respeito ao livre mercado e a propriedade privada na maioria deles, enquanto que no Brasil, por exemplo, nunca vimos isso, por isso sempre vivemos nessa bolha de caos e não temos muitas expectativas de melhora, porque essa ideologia criminosa se perdurou há décadas por aqui e parece que não quer se evaporar daqui. Só o libertarianismo para dar um jeito aqui no Brasil e quiçá no mundo.

Social-Democracia é uma porcaria.

Social-Democracia tem de ser exterminada.

E também faz parte do Socialismo, só para lembrar.

#fredjonas